parallax background
Doenças Capilares

Psoríase

O QUE É
Doença da pele relativamente comum, crônica e não contagiosa. É cíclica, ou seja, apresenta sintomas que desaparecem e reaparecem periodicamente. Sua causa é desconhecida, mas se sabe que pode estar relacionada ao sistema imunológico, às interações com o meio ambiente e à suscetibilidade genética.

A psoríase é uma condição comum da pele que acelera o ciclo de vida das células da pele. Faz com que as células se acumulem rapidamente na superfície da pele. As células extras da pele formam escamas e manchas vermelhas que causam coceiras às vezes dolorosas.Pode afetar a pele, articulações e unhas. O couro cabeludo é um dos locais mais comuns em que a psoríase parece, mas pode ocorrer em qualquer parte do corpo, especialmente nos joelhos, cotovelos e tronco.

TRATAMENTO
Cada tipo e gravidade podem responder melhor a um tipo diferente de tratamento (ou a uma combinação de terapias). O que funciona bem para uma pessoa não necessariamente funcionará para outra, dessa forma, o tratamento da psoríase é individualizado.

Hoje, com as diversas opções terapêuticas disponíveis, já é possível viver com uma pele sem ou quase sem lesões, independentemente da gravidade da psoríase.
O tratamento é essencial para manter uma qualidade de vida satisfatória. Nos casos leves, hidratar a pele, aplicar medicamentos tópicos apenas na região das lesões e exposição diária ao sol, nos horários e tempo adequados e seguros, são suficientes para melhorar o quadro clínico e promover o desaparecimento dos sintomas.

O tratamento de psoríase do couro cabeludo depende do grau da doença, podendo ser realizado com cremes e soluções de corticoide e queratoliticos até medicação via oral. Quanto mais precoce porém for o diagnóstico, mais fácil será o tratamento.
SINTOMAS
  • Manchas vermelhas de pele cobertas por escamas grossas e prateadas;
  • Pequenos pontos de descamação (comumente vistos em crianças);
  • Pele seca e gretada que pode sangrar;
  • Comichão, ardor ou dor;
  • Unhas espessadas, sem caroço ou estriadas;
  • Articulações inchadas e rígidas.
CAUSAS
Além da genética, outros fatores estão envolvidos no aparecimento e evolução da doença. Fatores psicológicos, estresse, exposição ao frio, uso de certos medicamentos e ingestão alcoólica pioram o quadro.
O QUE É
Doença da pele relativamente comum, crônica e não contagiosa. É cíclica, ou seja, apresenta sintomas que desaparecem e reaparecem periodicamente. Sua causa é desconhecida, mas se sabe que pode estar relacionada ao sistema imunológico, às interações com o meio ambiente e à suscetibilidade genética.

A psoríase é uma condição comum da pele que acelera o ciclo de vida das células da pele. Faz com que as células se acumulem rapidamente na superfície da pele. As células extras da pele formam escamas e manchas vermelhas que causam coceiras às vezes dolorosas.Pode afetar a pele, articulações e unhas. O couro cabeludo é um dos locais mais comuns em que a psoríase parece, mas pode ocorrer em qualquer parte do corpo, especialmente nos joelhos, cotovelos e tronco.
SINTOMAS
  • Manchas vermelhas de pele cobertas por escamas grossas e prateadas;
  • Pequenos pontos de descamação (comumente vistos em crianças);
  • Pele seca e gretada que pode sangrar;
  • Comichão, ardor ou dor;
  • Unhas espessadas, sem caroço ou estriadas;
  • Articulações inchadas e rígidas.
CAUSAS
Além da genética, outros fatores estão envolvidos no aparecimento e evolução da doença. Fatores psicológicos, estresse, exposição ao frio, uso de certos medicamentos e ingestão alcoólica pioram o quadro.
TRATAMENTO
Cada tipo e gravidade podem responder melhor a um tipo diferente de tratamento (ou a uma combinação de terapias). O que funciona bem para uma pessoa não necessariamente funcionará para outra, dessa forma, o tratamento da psoríase é individualizado.

Hoje, com as diversas opções terapêuticas disponíveis, já é possível viver com uma pele sem ou quase sem lesões, independentemente da gravidade da psoríase.
O tratamento é essencial para manter uma qualidade de vida satisfatória. Nos casos leves, hidratar a pele, aplicar medicamentos tópicos apenas na região das lesões e exposição diária ao sol, nos horários e tempo adequados e seguros, são suficientes para melhorar o quadro clínico e promover o desaparecimento dos sintomas.

O tratamento de psoríase do couro cabeludo depende do grau da doença, podendo ser realizado com cremes e soluções de corticoide e queratoliticos até medicação via oral. Quanto mais precoce porém for o diagnóstico, mais fácil será o tratamento.

Entre em Contato

Preencha o formulário e agende uma avaliação!

Nome*:

E-mail*:
Telefone*:

Faixa etária:

Melhor horário para retornar a ligação:

Mensagem:

* campos obrigatórios

Onde estamos?

Av. Afonso Pena, 4496, Sala 101
Campo Grande / MS




Conheça nossa clínica

Entre em Contato


Preencha o formulário e agende uma avaliação!

Nome*:

E-mail*:

Telefone*:

Faixa etária:

Melhor horário para retornar a ligação:

Mensagem:

* campos obrigatórios

Onde estamos?

Av. Afonso Pena, 4496, Sala 101
Campo Grande / MS




Conheça nossa clínica