Alopécia Frontal Fibrosante (AFF)

  • Home
  • Alopécia Frontal Fibrosante (AFF)

Alopécia Frontal Fibrosante (AFF)


A Alopécia Frontal Fibrosante (AFF) foi inicialmente descrita em 1994 por Kossard como alopecia frontal fibrosante pós-menopausa. A característica fundamental da AFF é a rarefação capilar progressiva, por um a 10 anos, região frontotemporal (acima da testa) em pacientes do sexo feminino, especialmente após a menopausa.

Em geral esse grupo de pacientes valoriza pouco a queixa de queda de cabelo e a atribui ao envelhecimento ou ao uso de medicações, produtos químicos e tipo de penteados. Redução da pilificação em sobrancelhas é freqüentemente observada. As pacientes se queixas muitas vezes de aumento do tamanho da testa além de ardor e coceira na região acometida.

O tratamento depende dos sintomas e do grau de acometimento, sendo instituído uso de anti inflamatórios como doxiciclina e cloroquina, infiltração corticoide e cremes para alivio sintomático.

2018 © - administrado por Acesso Publicidade